Miopia nas crianças: existe colírio para evitar o aumento do grau?

O que é miopia?

Miopia é o tipo de grau que atrapalha a visão de longe, enquanto a visão de perto é normal. Manifesta-se, em média, aos 7-8 anos de idade, quando o crescimento da criança pode estar acompanhado do alongamento do olho.

O grau da miopia tende a aumentar nas crianças?

Sim, a evolução mais típica é o aumento progressivo do grau, em média, dos 7 aos 17 anos.

Existe algum colírio para controlar a progressão da miopia?

Sim, estudos recentes têm mostrado que o colírio de atropina em baixa dose pode controlar a progressão da miopia em crianças e adolescentes.

O que é o colírio de atropina?

Atropina é uma medicação usada para dilatar a pupila e paralisar temporariamente o mecanismo de focalização, quando utilizada na concentração de 1%. Essa mesma medicação, quando utilizada a 0,01% (concentração 100 vezes mais fraca que a dose convencional) não dilata a pupila e não interfere no músculo da focalização, mas pode ser suficiente para controlar a progressão da miopia.

Por que é importante evitar a progressão da miopia?

A progressão da miopia leva a graus cada vez mais altos, aumentando assim a dependência dos óculos. Entretanto, esse não é o motivo mais importante para se evitar a progressão. O motivo fundamental é a associação de graus altos de miopia com doenças oculares de aparecimento ao longo da vida, como glaucoma e descolamento de retina, que podem comprometer a visão de forma grave e irreversível.

O tratamento é seguro?

Colírio de atropina 1% tem sido usado há décadas em crianças para tratamento de ambliopia (olho preguiçoso) e se mostrou seguro. A medicação para controle da miopia é a mesma, mas numa  concentração 100 vezes mais fraca (0.01%). Embora os efeitos colaterais, como dilatação da pupila e embaçamento visual, são muito raros nessa dose, os efeitos a longo prazo ainda não são bem conhecidos.

O colírio já está disponível nas farmácias?

O colírio na dose adequada é encontrado em farmácias de manipulação, capacitadas para a diluição da medicação. O oftalmologista infantil poderá prescrever o colírio nos casos indicados de acordo com o exame ocular da criança.

O tratamento com esse colírio pode levar a cura da miopia?

Não. Mesmo com o tratamento, as crianças continuarão míopes. Infelizmente ainda não há cura para a miopia. No entanto, o tratamento pode prevenir as complicações oculares graves relacionadas aos graus altos, entre elas a cegueira por descolamento de retina.

Quais crianças devem fazer exame para verificar se há miopia?

Todas as crianças. Mesmo a criança que não reclama de dificuldade para enxergar deve fazer o exame ocular de rotina. Crianças míopes enxergam bem para ler de perto e podem ser alunos excelentes. A melhor forma de se beneficiar dessa estratégia de controle da miopia é a detecção precoce.

Esse colírio também pode ser usado em adultos?

Não. O objetivo do tratamento com atropina 0.01% é evitar a progressão da miopia no olho ainda em crescimento, ou seja, na infância e adolescência.

O que diz o parecer do Conselho Federal de Medicina sobre o uso da atropina para o controle da miopia?

Brasília, 21/03/2019: “É adequado o uso de colírio de atropina na concentração de 0,01%, aplicando uma gota à noite, na miopia de início precoce (crianças) com o objetivo de reduzir a progressão da doença até sua provável estabilização após a adolescência”. Veja a íntegra em: https://sistemas.cfm.org.br/normas/visualizar/pareceres/BR/2019/8

As informações contidas neste site não devem ser usadas como um substituto para o cuidado médico e orientação de seu oftalmologista. Pode haver variações no tratamento que o oftalmologista pode recomendar com base em fatos e circunstâncias individuais.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *